sábado, 7 de dezembro de 2013

é uma porra de um embuste...



O embuste..
Na semana que o acreditar se desacredita, fica a perda de mais uma estralinha da Covilhã d’arromba, volta á tona o  istilo do coitadismo rancoroso, desta feita, apuntando e crucheficando o agora diabo, que há pouco era um manino jasus…istilo do soba…já tínhamos visto eiste filme…é assim quando num há saída…
Para mal dos nossos pacados, tinhamos razão, a arenga independeinte dos ispoliados partidários, nunca foi mais do que um embuste mal amanhado, para albardar o biurro mai lindo e a jeito, que cumpria a missão de branquear o amo.
Era evidente a falta de preparação e incapacidade para a missão. Recomenda-se intaligência e bom seinso na analise, desta triste figurinha. O homem foi apresentado como arma secreta do movimento! Agora joga de outro lado? É um camafeu?!…fomos nós que o iscolheimos?!  Tenham dó! Não há pachorra!
Não percebeiram que o ideia pregrina do buicoite à cambra era insustentável?!! Isso já o soba tinha feito. O silencio do vitinho tornou-se lital! Até para nosoutros …
Não percebeiram que num disseiram nada credivel inquanto uposição…qu’e que estavem a ispera? Que as pilintras que quiserem transformar em vitimas, tivessem alguima importância  numa rixa que está num patamar muito acima da pilintrice…
Dos rispeitaveis que se enganarem, mais cedo ou mais tarde perceberão pró q’istavem guardados se ganhassem…comer e calar as patranhas irdadas em nome do superior intaresse da confraria da pastinaca azedada. Mai surpesas virão…
Recomindamos o PUBLICO de hoje…vereimos as ceinas dos próximos capítulos…preparemse para dezeir que o “pobre” do vice não sabia de nada…tínhamos um vice bronco, que apeinas via passar os camboios  das maltrapilhices?! E então? Onde ficamos quanto á super preparaçom do manny? E se ganhassendes?! as minina dutadas e Tiudo na meisma, mai as noveiles promoções dos recém racrutados? Tristeiza…
Já aqui dessemos, não era possível uma transição intaligeinte depois de tanta macacada..,
 Um dia, talvez um dia teremos Covilhã!!!


(se eiste teixto mereceir alguma riacçom da lurdes gambota, eila sabe em quem acirtar, naqueiles que se autointitulam autores deiste ispaço, para se governar á grande e á franceisa cumo se isto fosse a misericordia)

13 comentários:

Anónimo disse...

Quando se quer varrer o lixo à pressa é o dá, fica a merda à vista. Esta é uma de muitas...

Fernando Abreu disse...

Eu quero é ver o blogue do Pelourinho a escrever sobre a RUDE e a peinsão de alimeintos da Celestinha. Mai caladinho o Roças e a Gambota!

Anónimo disse...

Isto não tarda nada e esta tudo esclarecido,
o Farromba pede o cartão do partido
o Nelson regressa
e pronto, partidos para todos.
Ninguem se iluda isto é tudo tacho, mesmo quando esta esturrado.

Anónimo disse...

Tudo uma cambada de garotos sem vergonha.

Anónimo disse...

Embuste é cantar a Grandôla quando se ganha e passados dois meses, fazer as maiores negociatas para ter mais poderes delegados que o anterior ditador;

Anónimo disse...

Embuste é invocar-se que se quer participar num projecto porque quer fazer algo para os filhos terem futuro na covilhã, e essa melhoria ser negociada e trocada por um incremento salarial para a família! fiscalizem-se...

Anónimo disse...

Embuste é dizer que se quer fazer politica e afinal ser um mero tecnocrata e, ainda por cima, vira casacas!

Anónimo disse...

embuste é a uma consciencia tão pesada e manietada que nem se atreve a ver que tudo foge à e da sua covilhã...

Anónimo disse...

embuste é declarar que se entregou o cartão no partido e guardá-lo na gaveta, para melhores tempos...

Anónimo disse...

embuste é entreter o coelhinho e o Zé Pinto, com promessas de virar á esquerda e á direita, quando o rumo de sempre estava traçado.

Anónimo disse...

São pequeninos em tudo.
Sem preparação intelectual, sem principios Politicos nem educação. É o POVECO no seu melhor.

Anónimo disse...

O Joaquim Matias é que vê os seus pelouros a arder. Mai bom co quei!!!

Anónimo disse...

Coitados dos "independentes", estão a ver fugir o caviar da mesa, onde chegava levado pelos lacaios.