sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

viva o carnaval!! é longo e a vida são dois dias…




Na Covilhã o carnaval é longo e a vida real são 2 dias. Na política p:ex?! o dia da chegada e o dia da saída!...etc...
A Covilhã é uma comunidade, cujos usos e costumes são atípicos. Insistem alguns, em recrear carnavais, quando o carnaval é permanente. Tarefa difícil!!
Mascaras?! Mais!? Disfarces?! todos os dias vemos protoavatares e os blocos são carteis.
Não é de agora, há muito que das Amoreiras surgem, verdadeiras assombrações, da praça do município gnomos e outras figuras dignas de desfile carnavalesco. 
Vem agora uma alminha amansada, pedir criatividade?!!  habituado a viagens por terras do oriente, onde disfrutou do convívio de figuras cavalares covilhanenses e outras, o auto designado o “Chico da Covilhã pelos caminhos do oriente”, disfarce carnavalesco do Pêro,  sugere a obra de Bosch (não é o das velas…) para animar o jardim do lago. Boa ideia!
Mais uma vez tarde!…todas as criaturas e disfarces já estão a ser usados todos os dias. As que cavalam em torno do líder, uinico e todo poderoso!, as pintonetes, as girls etc…não nos alongaremos na análise dos figurantes. Vai até sobrando fornicação (só psicológica) para todos. Fica-nos a dúvida ,quanto ao disfarce do autor da sugestão. 
Será o bos tauros, que dança excitado, perante os prazeres da terra? Tarde!..voyeurs !?? também  já temos! Até para ver passar o comboio…
Viva o carnaval!! É longo e a vida são dois dias… delícias só nas terras de Covilhã.

(Curioso! Sabiam que a musica foi descoberta nas nalgas de um personagem do triptico? vale o que vale.)

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

sugestões para o seu fim de semana…



Tudo indica que teremos um fim de semana chuvoso.
Ainda assim, sugerimos para o seu fs, uma ida ao mercado, onde decorre uma estremosa e voluntariosa recolha de donativos para o indulto de um covilhanense.
É verdade! cometeu os seus crimes, tudo de politica subemersa, mas que diabo! Na perspetiva do seu cartel, já foi obrigado a retirar-se, devolveu o que robou e portanto está perdoado. e o dito poderá ser indultado, e bem precisa! È jovem, tem familia, filhos e tem contas a acertar... com uns quantos gabirus que lhe fizeram a folha….Faça o seu donativo!
Para evitar qualquer golpe oportunista, fazemos os habituais avisos aos interessados. Não deverão dar dinheiro, entregar qualquer documento ou objecto, pois os mesmos poderão ter outros fins.
Bom fim de semana!

7 é o número oportunista dos mentirosos



Suspeitamos e disso partilharemos a nossa convicção, que a Covilhã vive a circunstância de cartelização da ambição politica.
A imprensa constitui um veiculo determinante no esclarecimento e difusão de informação credível, capaz de proteger as populações de carteis especializados no uso planeado de propaganda ou outras acções psicológicas com o objectivo primário de influenciar as opiniões, as emoções e as atitudes. Constitui-se, por isso, um pilar da verdade e da objectividade na opinião pública e das suas escolhas.
Ora, assim sendo, importa escrutínio sério da informação publicada.
O JF, reconhecido órgão da comunicação social local, publica esta semana uma notícia com destaque de primeira página, sobre um alegado movimento cívico, que pretende promover o regresso de carlos pinto á camara. A comunidade tem duvida quanto á genuinidade da referida pretensão. Sabe-se da vontade e intenção do próprio se candidatar, é evidente!
Logo, publicar noticia citando porta voz é duvidosa. É certo desresponsabiliza o escriba, a haver mentira é do próprio. Escrever que o Tó João disse, “Superou as expectativas porque convidámos cerca de 70 pessoas e apareceram 97” é usar o jornal para publicar a verdade ou a mentira do próprio. Questiona-se, e o jornalista não esteve lá? Confirma?
Vão surgindo relatos da mentira, nós com este mau feitio de pensar sobre o facto, temos razões para acreditar na mentira.
Até porque, o 7 é o número oportunista dos mentirosos. Baseados na perfeição bíblica do sete, o mentiroso tende a usa-lo para credibilizar a fantasia. Em 70 e 97 existem dois 7’s, são muitos 7´s para ser verdade, dizemos nós…
Diga-se em abono da verdade, quer um quer outro, são números ínfimos, no universo de 50000, valida apenas a dimensão de um cartel. Cabe a cada um ter a consciência se faz parte de um movimento sério e genuíno, ou esta a ser utilizado na propaganda cartelizada.

E tu vais leir o livro do cavaco? Não, já vi o filme Ehehehehehe

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

aceitarias carlos pinto como vizinho?



Oh tecelão! isto aqui para nós que somos vizinhos…
De maneira alguma!
O nosso prédio já tem as suas porras…mas esse vizinho que ninguém quer era a desgraça ..
Em breve, tudo estaria em pé de guerra…o homem tem o dom da discórdia, só a presença dele já é conflito. Vejam só o que aconteceu em grupos do FB  e outras arengas do tipo. Davam-se todos muito bem, aceitam-no e vejam como estão hoje! tudo baralhado, uns contra os outros…
Isso era uma desgraça para sempre…nunca mais largava a porta do prédio…naquela cabecinha quem tinha que dar de frosques eramos nós…sonho, sonho era a malta ir toda embora e ficar essa sombra a mandar no prédio.
Diz que o homem foi presidente ai duma camara, sempre instigou a discórdia e da discórdia fazia o seu poder! é uma má companhia! Parte e reparte pessoas…de intriga já chega!
Vizinhos desses porra!!! Vá lá vai…longe e largo!