sábado, 15 de agosto de 2015

desta vez o alvo foi a UBI. A CCDRC está contra a criação de centro de competências na Covilhã

Foi sempre assim deisde que existe esta nova regionalização encapotada com o acrónimo de CCDRC. 

Coimbra foi seimpre quem mandou e decidiu. É o ceintro politico macrocéfalo regional, que diz o que não deve e não pode ser fêito na Covilhã e região. 

Rádio Cova da Beira

Ah poizé! Nós já tínhamos avisado o ano passado quando esta lady fez uma razia nos investimentos para o interior através das CIMs e concentrou tudo no litoral.  Agora foi com a UBI em mais um caso vergonhoso de discriminação, que põe em causa um projecto essencial para a universidade e para Covilhã. Entretanto, o poder politico e a partidocracia local vão assobiando para o lado. Deprimeinte    

50 comentários:

Anónimo disse...

toda a gente sabe que este projecto estava pensado para ficar em Coimbra

Anónimo disse...

Raios partam as "capitais".Ele é Lisboa,é Coimbra,é a "capital de distrito.E os outros?

Sertório de Abravezes disse...

esta história não deve estar bem contada. Hum? Pelos vistos o unico que se sabe é que a cerimónia foi cancelada, mas alguem viu alguma tomada de posição da UBI?
Estanmos todos à espera

Anónimo disse...

O ex-soba da Covilhã, amigo desta senhora, nao tem nada a ver com isto? Para esse senhor, quanto pior para a Covilhã, melhor para os interesses que tenciona defender nos próximas autárquicas. Onde há fumo ... ou o que parece ... .

Anónimo disse...

Se o CP é amigo da Abrunhosa a gente da UBI tem que ficar atenta e se necessário largar os "cães", bem direcionados e sem medo.

Anónimo disse...

Efectivamente...
CP é amigo da Ana Abrunhosa, bem como o Álvaro Amaro (ela é da Meda, lembrem-se).
Ao 1º interessa a política da terra queimada (eu sou D. Sebastião e sem mim a Covilhã não é nada).
O 2º, pretende e tem conseguido tirar valências da Covilhã para a Guarda.
No meio disto tudo os paralíticos da Câmara Municipal da Covilhã permitem um esvaziamento de competências e perda de centralidade e importância da Covilhã a nível nacional e regional.
A UBI no meio disto tudo é vitima de incompetência da CMC e ódio/raiva do CP.

Anónimo disse...

Afinal eles não dormem : "presidente da Câmara Municipal da Covilhã anuncia que esta terça-feira faz chegar ao Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional "o protesto, desagrado e reivindicação" sobre a situação. - See more at: http://www.rcb-radiocovadabeira.pt/pag/28299#sthash.uZqCnCAG.dpuf

Anónimo disse...

Qual amiga do Pinto qual quê?! qualquer boa farra faz desta senhora uma "boa amiga" assim se cheguem á frente...é inacreditável chegar onde chegou, oiçam-na 5 minutos se forem capazes vejam o que é que aquela cabecinha é capaz, muita pirueta...podes crer!

Anónimo disse...

Anómino das 19h49m

Se o executivo da CMC tivesse carácter, arranjava forma de conseguir uma reunião com Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional esta terça-feira, não fazia chegar coisinha nenhuma...

Sempre se ouviu dizer:
- Quem quer vai;
- Quem não quer, manda.

Anónimo disse...

A nível nacional, quando alguém da UBI ou da Covilhã reivindica qualquer tipo de competência é habitual ouvir dizer: NÃO QUEIRAS SAPATEIRÃO TOCAR RABECÃO".

MANUEL SANTOS SILVA SEMPRE disse...

A conversa é sempre a mesma. Coitado do interior que é sempre prejudicado por Lisboa, ou pelo Porto, ou por Braga, ou por Coimbra. Sempre a conversa do coitadinho. A culpa deste fracasso não será do Reitor da UBI? Fosse o Reitor da UBI o Professor Manuel Santos Silva, pessoa com um prestigio nacional e internacional invejáveis e nada disto acontecia.

Anónimo disse...

Caro anónimo das 10.02,
Tens toda a razão. Mas não te preocupes que o Santos Silva vai voltar a ser Reitor da UBI, e é já em 2017.

Anónimo disse...

O ex-reitor Santos Silva ter prestígio nacional e internacional? "Deixa-me rir" como diz uma canção de Jorge Palma. Será que alguém o conhece na Carrapichana do Vouga (nível nacional) ou no "Corno de África" (nível internacional)? Deve ser já bem conhecido noutros níveis ...

Anónimo disse...

Caro anónimo das 18.30,
O ex-Reitor Santos Silva não é conhecido na Carrapichana do Vouga ou no "Corno de Africa"?
E o atual Reitor da UBI é conhecido onde? Só na rua dele, porque no Fundão ou na Guarda já ninguém o conhece.

Anónimo disse...

Concordo com o anónimo das 09.49. O professor Santos Silva foi 13 anos reitor da UBI. Foi claramente o melhor reitor que a UBI teve. Nos seus 13 anos na reitoria fez um trabalho absolutamente fantástico. Foi com ele que a UBI cresceu e se tornou uma Universidade de referência nacional e internacional. O anterior reitor da UBI e o atual já conseguiram, em 6 anos, destruir tudo o que o Professor Santos Silva fez com muito trabalho e dedicação. Se o Professor Santos Silva não voltar a ser Reitor em 2017 a UBI está condenada ao fracasso e poderá, a médio prazo, fechar portas.

Anónimo disse...

Fico contente por finalmente as pessoas estarem a abrir os olhos. Todos sabemos que só Santos Silva poderá conduzir a UBI a patamares de excelência. Força Santos Silva, ainda tens muito a dar à UBI.

Anónimo disse...

E se o homem tiver que prestar contas à justiça e for, eventualmente, preso?

Anónimo disse...

Por muito que custe a muita gente, nomeadamente aos 'profs.' da treta com doutoramentos tirados com os apontamentos europa/america, que publicam nas conferências internacionais de bogas de baixo, o reitor Queiroz foi o unico com visão e que quis tirar a ubi da mesquinhez e tacanhez intelectual que gracou e graça na ubi. Contam-se pelos dedos de uma mão os professores da ubi reconhecidos internacionalmente. ao invés da geande, grande maioria que vem a ubi so para dar as 12 horas de aulas por semana e mesmo assim ainda chegam atrasados. Poem os alunos de mestrado e doutoramento a fazer 'investigacao'zinha e apropriam-se do seu trabalho para fazerem as suas publicaçõeszinhas em conferencias da treta, que ninguém na comunidade cientifica leva a serio!

Anónimo disse...

O anónimo das 22:26 tem muita razão e sabe do que fala, excepto no que diz respeito ao ex-reitor Queiroz cuja visão foi demasiado míope, uma desgraça. Lá conseguiu um tacho ... que o sustenta! No que diz respeito aos "professores da UBI" são muito raros os casos reconhecidos a nível nacional, quanto mais a nível internacional. Quanto aos "turbo-professores" são casos de polícia. Os maiores escândalos verificam-se na Medicina: "professores" que há muito não dão qualquer aula, sendo substituídos por outros elementos do seu serviço(fora da Covilhã) e que recebem mensalmente aquilo que não devem. Chamem a polícia e ouçam as queixas dos alunos de medicina e constatem que devia dar aulas e não dá!

Anónimo disse...

Caro anónimo das 15:59 h.: a última pessoa que nesta cidade da Covilhã conseguiu patamares de excelência foi o Mestre Abílio. Posteriormente, várias individualidades ligadas à CMC, à UBI, ao CHCB, à Parkurbis, SCC, SCMC, entre outras instituições, tentaram (nalguns casos ainda tentam)algum protagonismo sem sucesso. E porquê? Porque esta terra é uma "Terra de cegos".

Gouleão do Penedo disse...

estes ultimos comentários tem a ver o quê com a discriminação de que a UBI foi alvo por parte da CCDR Centro?

Anónimo disse...

Caro anónimo das 22.26,
Deves estar confundido. O Queiroz tirou a ubi da mesquinhez e tacanhez intelectual?
Quem fez isso foi o Santos Silva. Quando Santos Silva chegou a Reitor a UBI estava circunscrita à Covilhã. Quando Santos Silva saiu da UBI, a UBI era uma Universidade de grande prestígio nacional e internacional, com uma rácio de artigos internacionais por professor doutorado muito elevado. Foi Santos que criou a quase totalidade de cursos existente na UBI, foi Santos Silva que apostou na qualificação do corpo docente, foi Santos Silva que estabeleceu as parcerias existentes atualmente com Universidades estrangeiros de elevada qualidade. Queiroz não acrescentou nada, e ainda contribuiu para o decréscimo de todos os indicadores de qualidade que, com muito trabalho, Santos Silva construiu. O atual Reitor limita-se a continuar o trabalho desastroso que Queiroz iniciou.
Santos Silva voltará para salvar a "sua", "nossa" UBI. Força Santos silva a UBI está, de corpo a alma, contigo.

A VERDADE CUSTA MUITO A ALGUNS disse...

Caro Gouleão do Penedo,
os comentários têm tudo a ver com a "suposta" discriminação de que a UBI foi alvo por parte da CCDR Centro. Não percebes que este resultado lamentável só ocorreu porque o atual Reitor da UBI não tem prestígio absolutamente nenhum? Fosse Santos Silva Reitor e essa "suposta" discriminação nunca teria ocorrido, porque Santos Silva foi sempre um homem com enorme capacidade de negociação, e com um prestígio enorme a nível regional, nacional e internacional.

Anónimo disse...

O que o Queiroz queria e o que o afastou do segundo mandato era a qualidade do trabalho cientifico. Nao quantidade de qualidade muito duvidosa. O problema é que dos 400 'profs dr.' que a UBI tem so meia duzia é que consegue trabalho com qualidade suficiente para artigos em grandes conferências internacionais, em revistas de renome com grande impacto e citações que nao as do próprio. O status quo dos docentes da ubi, que se nivela pela medicridade e por egos altamente inflamados, que sao muitos conhecidos é no seu prédio é que fez a cama ao Queiroz.
O que é que isto tem a ver com a CCDR, é muito simples! Se o projecto apresentado tivesse qualidade suficiente, esta situacao não tinha acontecido! Curioso é perceber que alguns profs dr. cabulas enquanto que fizeram o curso, sabe Deus como, fiquem indignados quando nao são tratados com os titulos académicos. Gente pequenina. Deixo um adágio popular : um burro mesmo de gravata, nao deixa de ser um burro!

Anónimo disse...

10:41.

qual é o conhecimento que tens da quqlidadde do projecto ou se está bem ou mal feito. Conta-nos lá com conhecimento de causa e sem devaneios eleitoralistas em prol de A B ou C

Anónimo disse...

Pois eu acho, e em resposta aos que só vêem vilões (Carlos Pinto e Amaro) e não vêem incompetentes (Fidalgo e Vítor Pereira) que se a Ubi quer o Centro financiado e aprovado, deve falar com Carlos Pinto e Amaro e já agora Fernandes, para que estes se retirem do seu conforto e intercedam junto do governo e da ccdrc para que a coisa ande.
Nunca a Covilhã esteve tão mal servida de políticos pequeninos como actualmente.
Ide por mim

carpinteira disse...

O problema nao e academico mas antes do centralismo de COimbra contra o interior e a Covilha

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Qualquer académico sabe que o Doutor João Queiroz foi um excelente Reitor. Foi um Reitor com preocupações pela parte científica que torna qualquer instituição de ensino superior credível.
O Doutor Santos Silva fez obra e isso é inegável, mas construiu uma UBI provinciana, mediana, de cunhas, caseira, sem horizontes.
O Doutor Fidalgo vai mais na linha do Doutor João Queiros.

Anónimo disse...

O prestígio de cidadão do Professor Santos Silva está muito abalado. Quem disser o contrário, não tem sensatez.

MJSS disse...

Caro anónimo das 20.55,
O Fidalgo na linha do João Queiroz, ou seja, preocupado com a parte científica? Essa está muito boa. Mas o Doutor Fidalgo sabe o que é ciência? Não me parece. Pelo menos ciência decente não sabe. Tem umas coisas escritas em Português, ou em Brasileiro (agora lamentavelmente já é a mesma coisa). Uma UBI de cunhas não foi a UBI de Manuel José Santos Silva, mas é a UBI de Fidalgo. Nunca a UBI teve tantas cunhas e compadrio como com Fidalgo. Só está preocupado em promover os amigos e/ou quem lhe deu apoio em 2013. Uma vergonha o que se passa na UBI.
Não tenho dúvidas que o melhor Reitor que a UBI já teve foi Manuel José Santos Silva. Apelo a todos os Ubianos, que em 2017, votem na lista de Manuel José Santos Silva e ajudem a UBI a voltar ao caminho certo, ou seja, ajudem a UBI a voltar a 2009.

Anónimo disse...

MJSS,
tens toda a razão. Só Santos Silva pode conduzir a UBI a bom porto.
Somos todos Santos Silva.

Anónimo disse...

De quem é a responsabilidade de entregar a cátedra a um tal de Castro Gomes??Aí sim começa a falência da UBI...

Anónimo disse...

uma das coisas que esta arredada da cupula governativa (em todos os níveis) é definição e o entendimento da meritocracia! Sera que sabem o que isto é? A UBI é só cunhas e promoções dos amigos e daqueles que por muito ma que seja a orientação nunca dizem que não! As ovelhas! No dia em que houver um Reitor que pergunte as pessoas para onde querem ir em vez de perguntar de onde vieram , a UBI sera grande. Ate lá seremos pequenos, provincianos e com as pessoas nos lugares directivos através de cunhas e amizades. Olhem para o curriculum das pessoas, comparem com o das outras com a devida ponderação e tirem conclusões! (Mas nao a ponderação deste RAD que pondera os artigos ao kilo!)

Anónimo disse...

Caros Ubianos,
ainda vamos a tempo de salvar a UBI. Vamos todos fazer um manifesto de apoio que se deverá denominar: Manuel Santos silva a Reitor.
Vamos a isso.
Manuel Santos Silva a Reitor

Anónimo disse...

Uma universidade onde um tal de Canavilhas é vice reitor (catapultado em breve para uma cátedra à velocidade da luz) é uma universidade sem rumo e do valha-nos Deus...

Anónimo disse...

Estão a ser injustos. O Fidalgo promove os amigos o que mostra uma caractreristica da sua personalidade "é amigo do seu amigo"

Anónimo disse...

Só queria acrescentar um outro dado ao anónimo de 17 de Agosto das 12:49 . o Santos Silva também promoveu a cátedra do Cavaleiro. E não havia cunhas nem compadrios nesse tempo?

Anónimo disse...

Há aqui neste blogue muito gato assanhado. UUUUIIII. E pensa esta gente que é inteligente e o suprasumo da sociedade. Uma tristeza.

Anónimo disse...

São umas inteligências raras os que coleccionam e exibem nos seus gabinetes os best papper awards das conferencias de treta, com zero impacto e zero citações. O mundo e a UBI sao desses pavões ocos, muito conhecidos e respeitados(?) la em casa deles!

Anónimo disse...

A UBI é um antro de Eminências ... PARDAS.

Anónimo disse...

A manter-se a actual situação e nada ser feito, a UBI tem tendência para desaparecer a curto prazo. É uma questão de tempo. Não ha Santos Silva nem Carlos Pinto que lhe valha.

Anónimo disse...

HIIIIIIIIIIIII ... tanta azia, tanta má lingua nos comentários deste Blog. Parece que há muito docente da UBI (principalmente de medicina e das engenharias) a descarregar o seu fel aqui. Tenham paciência: porque não estudam e se cultivam em vez de aqui destilarem o seu veneno. Cuidado ... não mordam a língua.

Anónimo disse...

Carlos Pinto? Porque carga de água é para aqui chamado. Pelo menos o Santos Silva é um académico. Carlso Pinto será licenciado? Quando e onde se formou? Alguém sabe? Então que o diga para satisfazer a curiosidade de muita gente desta cidade?

Anónimo disse...

Santos Silva um académico? Qual o paper que o celebrizou ? O estudo da porose das fibras em ambiente de húmidade vaginal ? Santos Silva nem tem pensamento nem substância. Foi reitor do betão. Ponto.

Anónimo disse...

A Covilhã e a UBI são mais importantes do que os santos silvas e os fidalgos desta vida. É esse o vosso equivoco

Anónimo disse...

A azia agrava na mesma proporção que a Covilhã e a UBI afundam.

Anónimo disse...

Quem anda com a língua bem afiada e com grande azia é o CP, o homem do cavalo, que costuma destilar o seu veneno no Jornal do Fundão de forma cada vez mais periódica. Se o hoem morde a língua ... não há antídoto que lhe valha. Isto, na Covilhã está ao rubro.

Anónimo disse...

Será Santos Silva um académico da TRETA? Mas nesta cidade da Covilhã há muita gente que se diz especialista e sábio em várias áreas. Será que esta gente investigou, inovou e publicou "papers" que revolucionaram a ciência mundial? Também serão sábios e professores da TRETA? E eu a pensar que o último mestre que esta Covilhã teve foi o Mestre Abílio! AFINAL HAVIA OUTROS!!!

Anónimo disse...

continuai com os vossos delirios de azia, enquanto a CCDR Centro vai lixando a Covilhã