quinta-feira, 2 de agosto de 2018

reitor diz que UBI paga agua mais cara do país e que a Covilha não tem vida cultural. A culpa é da cambra

Resultado de imagem para ubi

5 comentários:

Anónimo disse...

alguém me sabe dizer quanto é que a câmara pagou para ter a volta em bicicletas?

Anónimo disse...

o reitor devia preocupar-se era com os edificios que tem fechados. Nem uma residencia conseguiu construir

Beites disse...

E terá a sua razão... Boa Semana

Anónimo disse...

Ah e tal, com esta câmara e com o vitaro é que ia ser.
Cooperação entre instituições como nunca tinha sido visto!!

Vocês leram a vergonhosa entrevista à RCB que o pequenito deu? Não tem vergonha nenhuma. Uma toalha molhada nas... é que era.

Anónimo disse...

O reitor fez um balanço do ano com base nas depreciações de professores e alguns alunos -> Covilhã não tem vida cultural ao nível de cidade universitária. O reitor dá um balanço à atual gestão camarária para mudar rapidamente a atual situação do preço da água.
(o que o reitor disse, não foi que a cidade não tem vida cultural. Aproximadamente 150 mil anuais de impostos para a câmara em despesas da água são mal empregues, talvez isso tenha dito por não dito.)